Setembro 2018 - CANTINHO EDUCATIVO


ESPERO QUE VOCÊ POSSA UTILIZAR DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL,
TODO CONTEÚDO DISPONIBILIZADO NESTE BLOG!

Este Blog é Protegido e Monitorado por:
DMCA.com Protection Status

domingo, 30 de setembro de 2018

ATIVIDADE DE COLAGEM E PINTURA - PRIMAVERA



MATERIAIS NECESSÁRIOS

ROLINHOS DE PAPEL

TINTA GUACHE DE CORES VARIADAS

PALITOS DE CHURRASCO

CARTOLINA BRANCA

TESOURA

LANTEJOULAS COLORIDAS

GIZ DE CERA / LÁPIS DE COR

COLA BRANCA

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

PAINEL PRIMAVERA - GIRASSÓIS

ENFEITE DE PORTA


MATERIAIS NECESSÁRIOS

PAPEL COLOR SET NA COR VERDE

PAPEL CREPOM AMARELO

CARTOLINA BRANCA

TULIPAS - PAINEL PRIMAVERA

TRABALHO DESENVOLVIDO PELOS ALUNOS DAS AMIGAS SUSANA E NEIDINHA










quinta-feira, 27 de setembro de 2018

CALENDÁRIOS PARA COLORIR - MÊS DE OUTUBRO

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA, DEPOIS EM SALVAR COMO.





quarta-feira, 26 de setembro de 2018

RELEITURA DA OBRA "A VENDEDORA DE FLORES", DE DIEGO RIVERA

Obra: A Vendedora de Flores - Diego Rivera
Imagem obtida  através do Word.

Ficha técnica da Obra
Ano: 1942
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 121 x 121 cm
México


ATIVIDADE DESENVOLVIDA PELA AMIGA CRISTINA

DOBRADURA E COLAGEM DE PEDACINHOS DE E.V.A  EM PAPEL CARTOLINA





ATIVIDADE DESENVOLVIDA PELA AMIGA ADELAIDE

PINTURA COM GUACHE, DOBRADURA E COLAGEM EM EMBALAGEM DE PIZZA










terça-feira, 25 de setembro de 2018

CALENDÁRIOS COLORIDOS - MÊS DE OUTUBRO

PARA FAZER DOWNLOAD, CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA, DEPOIS EM SALVAR COMO.







quarta-feira, 12 de setembro de 2018

ATIVIDADE COM MOSAICO



MATERIAIS NECESSÁRIOS

CARTOLINA BRANCA

PEDACINHOS DE E.V.A DE CORES VARIADAS

TESOURA

COLA COLORIDA PRETA OU TINTA ALTO RELEVO PARA PAPEL

COLA BRANCA OU DE CONTATO


OBSERVAÇÃO

👉 VOCÊ PODE UTILIZAR QUALQUER OUTRA ILUSTRAÇÃO PARA A SUA ATIVIDADE.

terça-feira, 4 de setembro de 2018

O USO DA CHUPETA NAS ESCOLAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL

Créditos da imagem: StockSnap.io
O uso das chupetas nas creches ou nos primeiros dias de aula na educação infantil não deve ser proibido ou inibido. Ao contrário do que muitos pensam, elas ajudam na adaptação escolar, funcionando como um objeto de relaxamento, de segurança, uma lembrança do ambiente de casa, que minimiza a saudade dos pais, enquanto o vínculo com o professor e com as outras crianças ainda não foi plenamente estabelecido. Há crianças que até trazem para a escola, mas não chupam. Só o fato de saber que a chupeta está dentro da bolsa, já as deixam calmas e tranquilas.

Quando o vínculo com o professor e os demais colegas foi consolidado, e, conforme a criança vai adquirindo confiança, autonomia e sentindo-se segura dentro do ambiente escolar, a tendência é o abandono do objeto. Este é um trabalho que deve ser feito pelos professores em parceria com os pais! Lembre-se que o uso da chupeta é um apego passageiro, por isso, precisa ser tolerado, mas não incentivado. Há professores que ficam desesperados sem saber como agir, começam com explicações para as crianças de como a chupeta pode atrapalhar a dentição, dicção, dificuldade na fala, na tentativa de fazê-las largar a chupeta. Elas, com certeza, pouco entenderão estes argumentos. O importante é incentivar sempre autonomia e a independência das crianças, elas gostam de mostrar aos adultos que estão crescendo, e, quando incentivados, acabam abandonando a chupeta facilmente.

Caso a criança ainda insista em ficar com a chupeta durante a realização das atividades, traga para a sua sala um bauzinho ou caixa bem decorados, que chame a atenção da criança. Não se esqueça de colocar o nome dela.  Diga que aquele bauzinho ou caixa é para guardar tesouros, objetos que nós amamos, que ali dentro ela  estará bem guardado e protegido, proponha que ela guarde aí a sua chupeta.  Com o vínculo  estabelecido, a criança sentirá confiança no professor e atenderá prontamente, sem choro e birra.

Os bauzinhos ou caixas devem ser individuais com a devida identificação e colocados junto com os demais pertences pessoais da criança. 


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

NÁPOLI, Lucas. O que são espaço e objetos transicionais?. 2013.  Disponível em: <https://lucasnapoli.com/2013/01/13/o-que-sao-espaco-e-objetos-transicionais-final/>.


WINNICOTT, D.W. Objetos Transicionais e fenômenos transicionais. In Textos Selecionados – Da Pediatria à Psicanálise. Trad. De Jane Russo. Ed. Francisco Alves Editora S.A. RJ. 1978.

________________. Para Jacques Lacan. In D. Winnicott, O gesto espontâneo. São Paulo: Martins Fontes. 1990