Volta às Aulas

QUE ATIVIDADES TRABALHAR NOS PRIMEIROS DIAS DE AULA?

Créditos da imagem:  Pixabay / Katrina_S Os primeiros dias de aula são bastante agitados nas escolas de Educação Infantil. Crianças c...



ESPERO QUE VOCÊ POSSA UTILIZAR DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL,
TODO CONTEÚDO DISPONIBILIZADO NESTE BLOG!

Este Blog é Protegido e Monitorado por:
DMCA.com Protection Status

O QUE CONSIDERAR NA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DIAGNÓSTICOS DO DESENVOLVIMENTO ESCOLAR E PERFIL DA SALA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

em 13 de junho de 2013

Créditos da Imagem: Pixabay / JCamargo
É importante ressaltar que os relatórios e o perfil da sala, servem para o professor registrar as observações feitas por ele a respeito  dos avanços dos alunos e dificuldades encontradas no trabalho cotidiano da sala de aula. 

Não crie rótulos para o aluno que enfrenta dificuldades. Faça suas pontuações de maneira clara e objetiva ao relatar o problema, e, evidencie que atitudes estão sendo tomadas pela escola - equipe pedagógica e professor -, juntamente com a família para que estas dificuldades venham a ser superadas pelo aluno. 


ASPECTOS A SEREM OBSERVADOS PARA A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DIAGNÓSTICOS DO DESENVOLVIMENTO ESCOLAR  E PERFIL DA SALA

Hábitos e atitudes: falar e escutar; falar baixo sem aumentar o tom de voz; não interromper a pessoa que fala; esperar a sua vez de participar; respeitar a opinião dos outros; colaborar com os colegas;

Socialização e relação com os amigos;

Comunicação com amigos: expressa as suas preferências e vontades em brincadeiras e nas atividades cotidianas;

Participação durante as atividades;

Trabalho em grupo;

Colaboração nas tarefas em classe;

Respeito a limites e regras;

Capacidade de seguir rotina;

Hábitos de higiene pessoal;

Hábitos de cuidado com o seu material e os da sala de aula;

Desenvolvimento da linguagem oral e escrita;

Reconhece letras;

Sabe diferenciar letras de números;

Desenvolvimento psicomotor: equilíbrio corporal, destreza, agilidade e segurança nos movimentos; desenvolvimento da lateralidade: esquerda/direita; familiarização com o próprio corpo; exploração das diversas possibilidades de gestos e ritmos corporais para expressar-se nas brincadeiras e nas demais situações de interação; exploração e utilização dos movimentos de encaixe e lançamento para o uso de suas habilidades manuais em variadas situações do cotidiano;

Orientação espacial;

Orientação temporal:

Coordenação motora;

Identificação das cores primárias;

Ouvir e recontar histórias;

Visualização e identificação do próprio nome e dos amigos;

Noções básicas de matemática: identificar números, noções de quantidade e tamanho; conceitos como: baixo/alto, em cima/embaixo; identificação das formas geométricas básicas.



ASPECTOS SÓCIO-EMOCIONAIS:

Como se deu a adaptação escolar da criança.

Demonstra gostar da escola; é faltosa; demonstra resistência em ficar na escola.

Demonstra ser uma criança alegre, prestativa e carinhosa, apresenta resistência em obedecer as regras estabelecidas para o desenvolvimento das atividades na sala de aula, há necessidade de intervenção do professor para a mesma aceitar.

Nos momentos de realização das atividades individuais e em grupo, como é a participação da criança, há necessidade de intervenção do professor; demonstra ser prestativa no auxílio dos colegas com dificuldade.

 Como é o relacionamento com os colegas, qual é a atitude da criança na realização das atividades: demora na execução, rápida demais, pontual, realiza com capricho, realiza com atenção a atividade apresentada; compartilha com os colegas o material de uso coletivo na sala de aula (giz de cera, lápis de cor, etc).

Nas atividades com brinquedos: gosta de brincar sozinha ou em grupo; divide os brinquedos ou reage com birra e agressão quando contrariada.


ASPECTOS PSICOMOTORES:

Possui progressiva autonomia no  equilíbrio corporal , na participação de jogos e atividades recreativas demonstra segurança e agilidade. Participa ativamente ou tem dificuldade de participar das brincadeiras propostas. Tem compreensão de suas possibilidades corporais: saltar, correr, pular, agachar, etc.

Consegue percorrer corretamente o contorno solicitado, ou apresenta dificuldade.
      

ASPECTOS COGNITIVOS (APRENDIZAGEM):

A criança consegue conversar, comunicar e relatar as suas vivências,  expressar seus desejos, necessidades e desagrados, sentimentos de maneira clara e autônoma,  consegue expressar suas preferências e vontades em brincadeiras e nas atividades cotidianas (rodas da conversa); demonstra iniciativa para pedir ajuda nas situações em que isso se fizer necessário; expressa a sua necessidade e  o seu desconforto relativo a vontade de usar o banheiro; expressa seus desejos e necessidades através de choro, ou só expõe suas ideias mediante a solicitação da professora, consegue ou não organizar e expor as informações com clareza e coerência. Gosta de ouvir histórias, reconta histórias ao seu modo; participa da roda da conversa;  consegue de maneira progressiva relatar a sua rotina, identifica  o seu nome e de seus colegas; conhece ou não os amigos  pelos nomes; expressa suas ideias  com clareza; mostra uma atitude positiva para as atividades e brincadeiras propostas e na divisão dos brinquedos.

A criança estabelecer aproximações de algumas noções de matemática presentes no dia-a-dia da criança, como contagem, relações espaciais, etc; comunica, utilizando a linguagem oral, ideias matemáticas relativas aos conceitos: grande / pequeno; mais / menos; alto / baixo; perto / longe; grosso / fino; pesado / leve; comprido / curto;  atrás / frente; em cima / embaixo; diferencia o tamanho dos objetos; diferencia quantidade: muito e pouco; identifica as cores primárias, semelhanças e diferenças entre objetos e figuras; nomeia e identifica objetos iguais e diferentes; compara objetos e figuras de acordo com o tamanho; identifica os números; sabe diferenciar números de letras;  identifica algumas formas geométricas simples, como círculo, triângulo e quadrado, explorando e identificando as formas geométricas de objetos e figuras encontradas no cotidiano; interpreta o sentido dos termos:  dentro/fora; discrimina semelhanças e diferenças em detalhes, destacando as figuras que formam pares; consegue acompanhar a passagem do tempo utilizando o calendário; tem noção de quantidade; tem compreensão de referências espaciais e temporais; identifica o calendário como forma de marcação do tempo; realiza cálculo mental simples; utiliza a contagem oral nas brincadeiras, músicas e em situações nas quais reconheça a sua necessidade; identifica a posição de um objeto e pessoas em diferentes posições, utilizando a linguagem oral; identifica pontos de referência para situar-se e deslocar-se no espaço (perto de/longe de), descrevendo e representando pequenos percursos e trajetos observando pontos de referência.

2 comentários:

  1. muito bom,tá sendo de suma importância para o meu trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Inês! Bem vinda!!! Que bom que gostou! Que bom também que o material está te ajudando!!! Um abraço! 😊😘

      Excluir

Se você gostou do Blog, deixe um comentário! A sua opinião é muito importante para mim!
Ficarei muito feliz com o seu recadinho!
Mas antes de comentar, é preciso saber que:
😊 Seja educado (a)! Não xingue ou ofenda ninguém!
😊 Todos os comentários são moderados.
😊 Só serão publicados aqueles que respeitam as regrinhas abaixo:
✔ Comentários ANÔNIMOS não serão publicados;
✔ Comentários que contenham links ou spans não serão publicados;
✔ Comentários ofensivos ou com palavrões não serão publicados;
✔ O comentário dever estar relacionado com o assunto da postagem publicada, caso contrário, ele não será publicado.

Volte sempre! Este espaço é seu!!!