Volta às Aulas

QUE ATIVIDADES TRABALHAR NOS PRIMEIROS DIAS DE AULA?

Créditos da imagem:  Pixabay / Katrina_S Os primeiros dias de aula são bastante agitados nas escolas de Educação Infantil. Crianças c...



ESPERO QUE VOCÊ POSSA UTILIZAR DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL,
TODO CONTEÚDO DISPONIBILIZADO NESTE BLOG!

Este Blog é Protegido e Monitorado por:
DMCA.com Protection Status

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR E PEDAGOGIA INCLUSIVA

em 25 de agosto de 2016

Créditos da imagem:
George Hodan / Public Domain Pictures.
A inclusão, ainda hoje, é  um tema que envolve muitos debates  e destaca-se como um dos assuntos mais discutidos por profissionais e pesquisadores na área da Educação.

É inegável, a extrema importância que o assunto inclusão escolar ainda hoje representa e muito ainda precisa ser debatido, pois ainda são bastante tímidas e pouco valorizadas as iniciativas com relação à escola inclusiva e deixam muito a desejar com relação ao apoio especializado e pedagógico.

Embora as legislações que tratam especificamente do  ao assunto e as novas políticas educacionais preconizem  a inclusão do aluno com deficiência na rede regular de ensino, sabemos que, ainda hoje, poucos se beneficiaram dessa oportunidade.

A educação inclusiva não é tarefa fácil de se resolver na prática, pois envolve comprometimento e mudança de paradigma. No caso da formação do professor, existe a necessidade da mudança da sua forma de atuar em classe e uma ação reflexiva, buscando  novas possibilidades para ensinar e atuar nesta nova situação, explorando e experimentando novas e diversificadas maneiras de organizar, planejar e trabalhar a sua prática pedagógica.

O professor deve encarar seus alunos como sujeitos ativos no processo de aprendizagem e não reduzi-los à deficiência ou dificuldade de aprendizagem que apresentam. Ele deve saber agir de múltiplas e variadas maneiras diante das situações que lhes são apresentadas no cotidiano da sua prática, e isto envolve, criar ou utilizar outros meios de ensino; adotar um planejamento flexível;  rever métodos de avaliação, adaptações curriculares, organização dos conteúdos, formas de apresentação dos conteúdos, organização da sala de aula, tipos de atividades, etc.

Créditos da imagem:  
Stefan_Schranz / Pixabay
O que se nota hoje em dia, é que muitos professores não conseguem alcançar resultados positivos em suas práticas pedagógicas. Alguns ainda resistem às mudanças que a inclusão pede, outros embora tenham o comprometimento, a iniciativa e a motivação para tornar a inclusão uma realidade na escola e principalmente, dentro da sala de aula, mas ainda esbarram nas dificuldades de acesso aos materiais e recursos pedagógicos que são fundamentais para tornar eficiente a aprendizagem de todos os alunos em classe, outros  no entanto, têm acesso a estes recursos, mas não sabem utilizá-los de maneira adequada; sem mencionar que, também não possuem conhecimento suficiente para fazer um diagnóstico preciso do aluno no que se refere avaliação de sua competência curricular.

Para atuar no modelo inclusivo, o professor precisa estar preparado para atuar na diversidade, segundo os princípios da pedagogia inclusiva. E neste caso, a formação continuada é de fundamental importância. 

COMO ATENDER A DIVERSIDADE SEGUNDO O RCNEI  E  OS PCNs?
Elaborar um planejamento que atenda aos interesses e necessidades de todos os alunos;
Compreender o significado da inclusão educacional;
Reconhecer a importância da sua participação na construção de uma escola inclusiva;
Organizar o seu trabalho com a equipe escolar.
Exige-se do professor uma capacidade para reconstruir e negociar uma divisão de trabalho em equipe; e passa pela atualização constante de saberes e de suas competências.

PAPEL DO PROFESSOR:
Oferecer uma educação de qualidade para todos os alunos;
Articular diferentes conhecimentos e apoio para atuar com os alunos que apresentam nele;
Trabalhar com a diversidade.

FORMAÇÃO DO PROFESSOR:
Aprendizagem cooperativa e trabalho de equipe;
Criatividade e maneiras diversificadas de organizar as práticas pedagógicas;
Organização de planejamento flexível;
Adequação e aperfeiçoamento de aula em função das situações imprevistas;
Prática reflexiva do professor.

IMPORTANTE:
O professor deve se preocupar em trabalhar aquilo que lhe cabe: trabalhar  as dificuldades do aluno em aprender o currículo que foi estipulado para a sua classe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou do Blog, deixe um comentário! A sua opinião é muito importante para mim!
Ficarei muito feliz com o seu recadinho!
Mas antes de comentar, é preciso saber que:
😊 Seja educado (a)! Não xingue ou ofenda ninguém!
😊 Todos os comentários são moderados.
😊 Só serão publicados aqueles que respeitam as regrinhas abaixo:
✔ Comentários ANÔNIMOS não serão publicados;
✔ Comentários que contenham links ou spans não serão publicados;
✔ Comentários ofensivos ou com palavrões não serão publicados;
✔ O comentário dever estar relacionado com o assunto da postagem publicada, caso contrário, ele não será publicado.

Volte sempre! Este espaço é seu!!!